Natureza

Folhas ao Vento - Cláudio Massena 19/01/2015 18:25 h

Da natureza quando tudo parece está perdido,

As folhas dançam pela atmosfera.

Uma mistura de cores, sonhos, caminhos,

Levando amor, na seiva do destino.

Uma dança que cada folha se sente bailarina

Quando a seiva elabora seu alimento.

Nutrindo, flores, frutos,

Pra germinar aquilo que vai ser o seu sustento.

A luz que banha toda a clorofila

Fonte que ilumina o caule, do fruto à raiz.

Leva nutrientes pra germinar,

Que aos poucos se transforma em seu novo caminhar.

E nesta dança do vento, as folhas, flores,

Vão em outros cantos,

Encantos que se fez em poesia.

Sementes que abastecem tantos sonhos,

Que enobrece à nossa vida a cada dia.

E as folhas continuam a sua dança ao vento,

Como crianças no seu renascer.

Em cada canto vai germinando de costume,

Em verso, amor, crescendo feito lume.

E da poesia se fez canto

No encanto, a simplicidade de um cantor.

Verde, folhas ao vento,

Energia, trabalho e movimento,

Do germinar se fez,  amor,

Caminho e sentimento.

Os Cristais do Amanhã  - Cláudio Massena

Vou seguir teus rastros e encontrar a paz.

Vencer as tempestades e o que virá.

Além do mais sentir capaz

Construir o amor e decidir buscar.

O bem vencendo o mal,

Ajuda angelical.

Quando a paisagem, se mostrar,

Em teus olhos os cristais do amanhã.

Doura a pele brilho natural doce amplidão.

Viverei assim,

Quero ser feliz,

Sugar o teu amor pela raiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *